Beba muita água!

10

Oi bloglovers, hoje vim falar sobre um assunto diferente dos quais eu tenho abordado aqui no blog.
E é um dos motivos pelo qual fiquei afastada do blog, não podendo atualizar as postagens com a frequência que eu gostaria.
Todos nós sabemos que a água é fundamental para garantir a saúde e a beleza ( que tanto nos interessa!) hehehe

Pesquisas confirmam que beber um mínimo de 8 copos de água por dia diminui o risco de câncer de cólon em 45%, além de baixar o risco de câncer de mama em 79% e reduzir à metade a probabilidade de se desenvolver câncer na bexiga
Por Fábio Moura Veras. Preparador Físico

Bom, além de todos esses benefícios e essencial na eliminação dos cálculos renais.
Cálculo Renal, cálculo urinário, pedra nos rins, litíase, nefrolitíase, ou urolitíase é um dos problemas urológicos mais doloridos e, infelizmente, também um dos mais comuns. O nome mais popular pelo qual os calculos renais são chamados é pedras nos rins. Um problema causado por disfunções metabólicas que além de ser muito comum, ainda possui uma grande taxa de recorrência.

Pedra nos rins, ou “Nefrolitíase” é um distúrbio comum e com uma incidência cada vez maior em todo o mundo. É uma doença encontrada com mais frequência em homens de meia idade. Existem cinco tipos principais de pedra de rim, pedra de cálcio (85%), pedras relacionadas a infecções (8%), pedra de ácido úrico (5%), pedra de cistina (1%), e outras pedras mais raras (1%).

Cálculos acima de 2 cm podem ser tratados pela Litotripsia (LECO) desde que associados a um cateter duplo J, para proteger o rim e evitar cólicas renais durante a eliminação dos fragmentos ou na repetição das LECOS. A urografia excretora serve para visualizar seu sistema urinário e verificar se existem obstruções à passagem do cateter ou à eliminação dos fragmentos. A cirurgia laparoscópica também é uma opção, esta, minimamente invasiva, mas dependendo da localização dos cálculos acaba tornando-se inviável. A litotripsia é uma técnica não invasiva, embora alguns equipamentos mais simples sejam bastante desconfortáveis. Vale ressaltar novamente que a fragmentação por ondas de choque externa apresenta riscos do desenvolvimento de diabets mellitus 16.8% ou hipertensão arterial 36.4%, o que se deve ao efeito mecânico direto da onda de choque de fragmentação sobre o rim e o pâncreas. Uma opção muito interessante é o uso do NQI, o qual pode ser utilizado sem a necessidade de prescrição médica por não se tratar de um medicamento. Este produto é um suplemento mineral, totalmente natural, que não possui nenhuma contraindicação e não causa efeitos colaterais. O grau de efetividade e resolução do problema utilizando o NQI chega a mais de 90%.


Bom, é isso, eu tenho cálculos renais snif snif... E quem aí tem sabe a dor que é...
A água é uma das salvações, tanto na prevenção como na eliminação.
Por tanto bebam bastante água, porque quem não tem as  pedrinhas pelo menos vai hidratar muito bem a pele e evitar até as indesejáveis celulites.
Beijoss

10 comentários:

Andressa Motta disse... [Responder Comentário]

Nossa Lucianee
melhoras pra vc!
tive 2 pessoas próximas na faculdade que sofreram de cálculo renal ano passado e realmente deve doer muito!
Uma vez eu ouvi um comentário que esses sucos em pó que a gente solubiliza em água fazem muito mal e causam pedra no rim, vc sabe se é verdade?
Eu tomo muita água por dia, mais até que 2 litros, mas também tomo esses benditos sucos e super concentrados... preciso parar com essa mania =/

beiijoo

http://aquimicadabeleza.blogspot.com

Faby Marreiro disse... [Responder Comentário]

Amiga água é essencial, e faz mta diferença tento beber o máximo possível...

bjos

http://rosacompreto.blogspot.com/

blog da sonha gleide disse... [Responder Comentário]

Oi flor obrigada pelo carinho e por sempre visitar meu cantinho e te dizer amei seu post sobre saúde,eu sei que a agua é importante mais eu não bebo tanta agua ,infelismente não consigo beber tanto,por fim parabéns,bjus
http://blogdasonhagleide.blogspot.com

Blog da Luluzinha disse... [Responder Comentário]

É verdade meninas, agora estou tendo que beber mais água do que nunca. rsrsrs Bjks

Marcela disse... [Responder Comentário]

nossa melhoras pra você eu sei como é sentir essa dor Deus me livre também já tive e sei bem como é mais mesmo sabendo a dor como é ainda não consigo beber água infelizmente passo o dia inteiro sem colocar uma gota de água na boca mais ainda pretendo mudar esse hábito horrível beijos http://marcelaminhasartes.blogspot.com

Olimpia disse... [Responder Comentário]

Gostei muito do seu blog parabéns! Estou te seguindo bjs.

http://elacom-olimpia.blogspot.com

Nathália de Freitas disse... [Responder Comentário]

Oi Lu! Acho muito importante esse post, adorei as explicações sobre a importância de beber água, e vc é um exemplo né, melhoras!
Tem sorteio de um kit com 3 produtos da Océane rolando lá no blog, já está participando?!

Beeijos =*
(Momentos de Beleza)
http://nathdefreitas.blogspot.com

Nanna Barbieri disse... [Responder Comentário]

Lu, eu já tive e é horrível mesmo...
Mas sinceramente, eu não gosto de água mineral! Gosto de água com gás, que faz mal...
Beijos

Luciana Gomes disse... [Responder Comentário]

Olá, querida! Passando pra conhecer o seu cantinho... Adorei, muito legal. Já to seguindo!
Aproveito p te convidar a conhecer o meu blog de variedades. Informo q o espaço p parcerias está aberto lá no Vou-de-Blog!
Bjinhos!!

www.voudeblog.com

Jeferson disse... [Responder Comentário]

Costumo dizer que tinha uma fabrica de pedras nos rins. Muitas dessas pedrinhas eram bem pequenas e apesar da dor e das cólicas, elas sempre acabavam sendo expelidas com a urina, por isso eu não dava tanta importância. Mas um dia apareceu uma pedra grande (com 9mm), a qual descobri em um exame e estava me incomodando muito. Devido a recomendações médicas fiz uma litotripsia, mas não resolveu e fiquei com hematúria. As dores pioraram muito e decidi experimentar o NQI. Assim que começei o uso não senti mais nada de cólica e nem de dor. Depois de 3 meses usando o NQI fiz um ultra-som e descobri que a pedra sumiu, ou seja, com certeza foi dissolvida porque junto com a urina eu sei que não saiu. Agora já fazem quase 3 anos que uso o NQI e nunca mais apareceu uma pedrinha sequer. Muita água e muito NQI contra pedra nos rins galera! Boa sorte a todo que passam pelo problema.

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Obrigada pelo seu comentário.

Podera gostar também de

Related Posts with Thumbnails

feed rodapé

Blog da Luluzinha